05 setembro 2008

Oração sem Fé

Existem dias
Como o de hoje, por exemplo
Em que me sinto preso
No meio do vazio
Onde o nada é tudo
E Ele passa ao meu lado
E nada faz

Oro, rezo e medito
Com fé mas
Fé é algo que não sinto
Cá dentro
No meio do coração
Mas sinto que Ele passa
E olha sem me ver

Sinto-me desolado
Abalado, deprimido, triste
E não alcanço ou vislumbro
O lado positivo
Ou o lado cristão
Das coisas menos boas
Que me vão acontecendo

Onde está
O Seu apoio e benevolência
A quem O ama?
Mesmo amando-O
Parece que não ouve
As minhas preces
As minhas suplicas

Apesar de vozes ocas
Apregoarem o contrário
Suplico e rego a Ela
Que interceda por mim, e
Nem mesmo assim
Parece que Ele me ouça
Ou que A ouça

4 de Setembro de 2008
Paulo

24 comentários:

malu disse...

Já chegaste e eu já vou andando por cá. Aos poucos. ;)

"Onde está?" Que importa, se sabes que está, como te diz a fé.

Bonito, gostei e deixo-te um abraço cheio de saudades.

malu disse...

Paulo,

Recomendo-te a última oração que coloquei no Apenas Oração.

Outro abraço.

Ricardo Sampaio disse...

Esse teu poema me descreve em algumas situações... talvez agora...

parabens pelo blog!

Ricardo Sampaio disse...

A propósito... vc não me conhece... encontrei teu blog no guia de blogs católicos!

Deus te abencoe!

www.asmissivas.blogspot.com

Ecclesiae Dei disse...

Amém. Faço da sua, a minha oração, pedindo que Ele te ampare nesse momento.
Fica com Deus
Abraços
João Batista

Manuela disse...

Amigo Paulo, quanto rancor na sua oração.
Eu sei que é difícil ver as pessoas que amamos sofrerem, mas a vida é assim mesmo.
Uns partem outros ficam.
Pense se fosse ao contrário, como reagiria a sua esposa?
Talvez menos rancorosa ou com mais esperança, não sei.
As mulheres nestas alturas têem muito mais força que os homens.
Espere que Deus não se rege pelo tempo dos homens.
Tudo se vai resolver pelo melhor vai ver.
Se calhar deve pensar em dar um tempo ao tempo e não forçar a sua fé.
Desejo tudo do melhor possível.
Vou rezar por si. Talvez Deus acorde para si.
Abraço grande
Manuela

Paulo disse...

Obrigado Malu pelas tuas palavras mas, não O sinto.

Amigo Ricardo, obrigado pela visita que irei retribuir. A mim descreve-me como me sinto e se se sente assim, lamento pelos 2 mas, vou rezar por si.

Obrigado Eclessiae dei pelo apoio, pela oração. Realmente sinto que preciso que outras pessoas rezem por mim, porque as minhas parecem não chegar ao destino.

Amiga Manuela, não diria que é rancor mas, mais um desabafo, mais um "brigar" com Ele, para ver se me vê, se me Ouve. Obrigado pelas orações.

Mari disse...

Sempre ouvem, mas é que tem o tempo para tudo, por mais difícil que seja, temos que esperar. No final, entendemos os motivos e os porquês de tudo.
Mas é assim, oscilamos, somos humanos, mas o Deus que esta olhando por nós jamais nos abandona, mesmo que erramos, como eu muitas vezes erro.
Um abraço em Cristo.

Mari disse...

As nossas orações servem muito para os outros, mas para nós, contamos com os amigos e palavras e oração. Acho que é assim, é o mistério de Deus para que fiquemos mais unidos com os amigos de fé.
Ajudamos e precisamos ser ajudados.
Sempre.

Gente comum disse...

Santa Teresinha do Menino Jesus dizia que "o caminho é o abandono da criança que adormece, sem medo, nos braços do seu Pai". Não é fácil, mas é possível. Não podemos é deistir... nunca!
Continuo a rezar.

Com amizade,
Ana

Yelva Toledo disse...

Boa Noite, Paulo


és muito querido

por todos... aqui

por Maria

por Jesus

bjs

Maria João disse...

Força, amigo!

Há muita gente a rezar. Com Cristo e Maria vais vencer.

beijos em Cristo e Maria

Paulo disse...

Amiga Mari, obrigado pelo teu apoio que, tal como os restantes contam de muito para mim, neste mundo virtual por certo, mas em certas ocasiões muito real no que é dito.

Ana, obrigado pelas tuas palavras. Desistir nunca, obviamente mas, não querendo ser repetitivo, oro sem sentir.

Yelva Toledo, realmente em poucas palavras descreveste o que sinto ao ler aqui os vossos comentários, obrigado.

Acredito que sim Maria João, obrigado.

Ricardo Sampaio disse...

Paulo,

experimenta a Lectio Divina! se já conhece, tenta outra vez... e outra vez...

www.asmissivas.blogspot.com

nahar disse...

Como entendo essa tua oração...faço a mesma com outras palavras em vários momentos. O que nos vale é que ELE não nos larga.

QUanto ao livro da Madre Teresa, não o tenho em formato digital mas comprei e li tudo, devorei cada palavra... São um conjunto de cartas escritas aos directores espirituais e Arcebispo de Calcuta. vale a pena ler e alimentar...

abraço

osátiro disse...

Na Arábia Saudita há 800 mil católicos, imigrantes explorados, mas as igrejas são proibidas e até em casa é perigoso rezar.

Notícias de "ZENIT o Mundo Visto de Roma":

"Arábia Saudita: presos quatro cristãos enquanto rezavam em uma casa [19-06-2006]


Preocupação por dois cristãos detidos por sua fé em Riad (Arábia Saudita) [22-06-2005]
Nova onda de detenções


Sete cristãos libertados na Arábia Saudita sob renúncia a praticar sua fé (em particular) [09-06-2005]
Foram maltratados durante sua detenção em Riad


Pedido de ajuda internacional para os cristãos presos na Arábia Saudita [08-06-2005]
Um apelo de seus familiares e amigos


Arcebispo de Lahore pede a liberdade de 40 cristãos encarcerados na Arábia Saudita [18-05-2005]
Pede a seu governo que faça pressão


Papa bate à porta dos países que não têm relações com o Vaticano [12-05-2005]
China, Vietnã, Coréia do Norte e Arábia Saudita


João Paulo II nas primeiras páginas dos jornais árabes [10-04-2005]
Segundo constata o representante papal na Península Arábica


Novo bispo vigário apostólico para a Arábia [21-03-2005]
Dom Paul Hinder substitui Dom Giovanni Bernardo Gremoli


Cardeal Medina Estévez, novo Cardeal Protodiácono [25-02-2005]
Tem a missão de anunciar e o nome do novo pontífice


Arábia Saudita: Polícia religiosa detém um cidadão saudita convertido ao cristianismo [21-12-2004]


Perigo de cárcere para os não-muçulmanos na Arábia Saudita [07-12-2004]
Inexistente reciprocidade de liberdade religiosa com outros países, denuncia o padre Cervellera


Um cristão nos cárceres sauditas por «evangelizar» [26-11-2004]
Após sua libertação, Brian Savio O´Connor compartilha seu testemunho


Libertado cristão indiano condenado na Arábia Saudita por questões de fé [04-11-2004]
Brian Savio O´Connor já se encontra em Bombaim


Apelo pela liberdade do católico indiano condenado na Arábia Saudita [29-10-2004]
10 meses de prisão e 300 chibatadas para Brian Sávio O´Connor


Católico indiano torturado por causa de sua fé pela polícia da Arábia Saudita [02-06-2004]
Acusações contra ele poderão comportar a pena de morte.

http:/contraacorrente1.blogspot.com/2008/08/perseguio-aos-cristos.html

Mari disse...

Vim lhe dizer que tudo tem o tempo mesmo.
Abrace este momento e agradece, entrega.
Amanhã é sempre um mistério e o hoje é o que precisamos viver.
Seja o que for, lute pela sua paz. No mais entregue sempre para Deus.
Você sairá vitorioso.
Tenho certeza disso, um abraço amigo!
Que Deus ilumine seus caminhos com boas novas!
Mari!

Mari disse...

Que as Santas Almas do Purgatório intercedam por você quando de lá saírem. Ofereço o que sente por elas. Espero que fique bem.
Um forte abraço!

Mari disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gente comum disse...

Então estás em bom caminho... rezar... rezar, mesmo sem sentires. Já passei por essa situação. Deus ouve, Deus compreende... e Deus não falha, nunca.
Parece demorar a responder... o tempo de Deus não é o nosso.

Aqui fica a letra de um cântico de Taizé que, aqui no Estoril, cantamos com frequência:
"O Senhor m,e fortalece,
Ele está sempre a meu lado;
o Senhor, que vem ao meu encontro...
vem ao meu encontro."


Ana

Ecclesiae Dei disse...

Vim deixar um abraço, e uma "Ave-Maria" para ti!
fica com a proteção da Mãe Santíssima
Abraços,
João Batista

Mariana disse...

Paulo,
Sei como te sentes. Eu mesma me senti diversas vezes, mas tenha força, coragem e fé! Deus está ao seu lado agora, Ele está em todo lugar, a todo momento! Ele te escuta sim e te ampara, mesmo vc nao percebendo!
Muita paz amigo,
Mari

Mari disse...

Vim desejar um final de semana com paz!
Abraços!

Paulo disse...

Amigo Nahar nem sempré é fácil acreditar que Ele não nos larga. Quanto ao livro, aguardarei que alguém por aqui o digitalize:)

Osátiro, realmente depois de ler o que me envias, os minhas duvidas e anseios não são "nada".

Mari Obrigado.

Ana obrigado pelas suas palavras e orações.

Eclesiae dei agradeço todo o apoio.

Mariana, acredito que si.