02 setembro 2008

Porquê?

Porquê meu Bom Deus de alguns meses para cá me tens virado as costas?
Porquê quanto mais oro, mesmo no carro e com fé, nem Tua Mãe te demove?
Porquê, depois de te pedir que intercedesses pela minha mulher na resolução do seu problema, deixaste que ainda piorasse mais?

Onde está o lado positivo e cristão de tudo isto?
Onde está o Teu apoio e benevolência a quem te Ama?
Onde estás, que parece não ouvires as minhas preces?

Admito que estou magoado conTigo, não perdi a fè mas, sinto-me abalado, desolado, deprimido, triste;
Admito que sinto rancor quando não devia ter;
Admito que penso em deixar de ir Ver-Te no sacrário, como quase diariamente tenho feito.

Algumas pessoas poderão dizer "- Assim Ele fica sozinho e triste!". Eu respondo " - E eu, que me sinto sozinho e triste, sem o Seu apoio, sem um pouco de luz nem um sinal?"

Sinceramente minha Santa Mãe, nem mesmo através de Ti ele se demove nas minhas suplicas.
Porquê?

18 comentários:

Gente comum disse...

"Deus é luz e n'Ele não há trevas, no dizer de S. João. Mas há trevas, Senhor, na minha inteligência, incapaz de penetrar o Teu mistério. Ao pôr em Ti o olhar interior, a obscuridade ofusca-me de tal maneira que o meu coração se interroga, inquieto: onde está o meu Deus e Senhor? Que vales e que montanhas devo percorrer para encontrar o Teu rosto e sentir a doçura da Tua presença, do Teu olhar terno e penetrante que move as minhas entranhas? Não tenhas medo à noite - pareceu-me ouvir sem palavras; entra na nuvem do não saber e aguarda, na fé, que o Espírito Santo ilumine a tua alma e te dê a entender tudo quanto Eu vos disse." - Pe. Luís Rocha e Melo, s.j.

confiar... entregar...

Ana

joaquim disse...

Paulo, meu amigo Paulo

Estás revoltado, tudo bem!

Muitos Santos "ralharam" com Ele, mas só Ele sabe o que é melhor para nós, mesmo que não o entendamos agora.
E o tempo dEle é tão diferente do nosso.

Paulo, meu amigo Paulo

Coloca-te assim, mais a jeito, mais entregue à Sua vontade, mesmo que não percebas o que quer de ti, mesmo que doa, mesmo que não vejas o fim da provação.
E louva-O, louva-O até pela tua revolta, pela tua incompreensão do que se passa, embora custe muito, embora pareça ser "insincero".
E espera e confia e reza mais e mais e continua a fazer a tua parte na resolução do problema, da provação.

Eu rezo, Paulo, eu rezo por ti, agora ainda mais podes querer.

Senhor Jesus
Olha pelo Paulo, pela sua familia.
Precisam de Ti, Senhor, não lhes faltes, como nunca faltaste a nenhum dos teus filhos.
Concede Jesus a graça da perseverança, da fé, da confiança, da esperança, ao Paulo e à sua familia.
E ajuda Senhor, ajuda-o na resolução dos seus problemas, na aceitação das provações.
Mas atende-o Senhor nesta hora dificil.
Louvo-Te e agradeço-Te Senhor Jesus por tudo o que lhe concederes segundo a Tua vontade e ofereço-Te Senhor a aceitação das minhas provações por ele e pela sua familia.
Nós cremos em Ti, mas aumneta a nossa fé.
Amen.

Abraço forte e amigo em Cristo

sedente disse...

Conta com a minha pobre oração...
abrç+

Sempre Presente disse...

Deus não te abandonou está sim a carregar-te ao colo, por isso não vez as suas pegadas mas continua a ter fé a orar porque Ele está contigo, e em breve conseguirás ouvi-Lo.

E podes contar com a minha oração.

Beijo em Cristo

Paulo disse...

Obrigado Ana pelas suas palavras cheias de luz e esperança, no entanto, não me é fácil ver essa luz e essa esperança.

Amigo Joaquim, agradeço-te o teu apoio e as tuas orações mas, está a ser uma fase em que nem ao Seu colo (como nas pegadas na areia) me sinto. Sinto-me mesmo no chão da praia e vejo-O a passar ao lado.

Obrigado sedente.

Sempre presente, como disse ao Joaquim nem isso sinto, apesar de continuar a orar. Não que ore sem fé mas também não é com...

Manuela disse...

Que é isso amigo Paulo?
Onde está o homem forte com fé?
Ás vezes Deus tem de nos por á prova.
Ou então por muito que nós oremos não resolvem certas situações.
Quantas vezes Jesus orou no Horto?
E até seu Pai nada lhe disse.
Tenha Fé amigo, se o mundo abalar ou mesmo cair não perca a esperança.
Tudo é uma renovação.
Espero que tenha melhoras e que se resolva tudo pelo melhor.
Abraço grande
MAnuela

Gente comum disse...

Paulo, estamos aqui para ajudar e rezar consigo. Conte com as nossas orações.
Um abraço amigo,

Ana

Ecclesiae Dei disse...

Olá, meu amigo Paulo.
Vejo que está passando por um momento daqueles de grande prova. Nesses, em que não conseguimos ver a Luz, nem a graça de Deus em nossas vidas. Momentos tenebrosos, de escuridão. Já passei por alguns desses. Lembro-me de uma história verídica que li e me marcou muito, e que falava de uma embarcação que estava afundando, um navio muito grande. Eles pediram socorro pelo rádio, e estavam afundando no meio de uma tempestade terrível no mar. a tempestade era tão grande que não conseguiam enxergar o barco salva-vidas que já estava muito próximo deles. Entretanto, como muitos se desesperaram, pularam no mar, e deixaram de ser salvos. Quando a tempestade diminuiu, os que não haviam pulado foram salvos. Sei que não vai pular fora desse barco, meu amigo, mas essa é só pra te dar esperança. O socorro está próximo, tenha fé.
Conte com minhas orações, por você e por sua esposa.
Abraços fraternos.

Maria João disse...

Paulo, há momentos em que sentimos o que estás a sentir. São momentos muito difíceis. A nossa vontade não tem de ser a Dele. Claro que se trata da Tua mulher. Dói.

Sei que nestas alturas é difícil ter-se consolo. Mas, a vida, a verdadeira vida é a Eterna. Tudo o que Ele nos traz é para aproveitarmos, para nos santificarmos. Não é fácil, mas entrega-Lhe essa revolta. Não a deixes só contigo. Ele compreende. E sabe o que faz, mesmo que para nós tudo pareça sem sentido. Principalmente quando se está a falar de quem mais amamos.

Não desistas. Já agora... O livro do padre Emiliano Tardif (Jesus está vivo) tem uma oração de cura. A oração foi feita para todos os que lêem oo livro (seja para eles ou para os seus). Faz. Mesmo que não te sintas com fé. Lê o livro e faz a oração. E deixa tudo nas mãos de Deus. Eu já a fiz...

Não te esqueças que Ele sabe o que é melhor.

Vou rezar por ti e pela tua esposa.

Se precisares de desabafar, de gritar, de falar do que sentes de Deus neste momento, já sabes que podes desabafar à vontade. Basta enviares um mail: mariajoaogracia@hotmail.com. (é mesmo gracia, não me enganei)

Nestas alturas nem sempre encontramos quem nos entenda quando falamos da nossa fé e das provações. Estás à vontade para enviar um mail. Este fim-de-semana estou no Congresso Missionário de Fátima, mas no domingo já tenho acesso ao mail.

Muita força.


beijos em Cristo e Maria

Paulo disse...

Amiga Manuela o homem forte com fé, também é humano, também caí, também fraqueza. Aguardo essa renovação, esses dias melhores que virão, assim espero.

Paulo disse...

Obrigado pelas vossas orações Ana, que muito preciso.

Paulo disse...

Ecclesiae dei obrigado pela partilha e pelo apoio.

Paulo disse...

Amiga Maria João obrigado pelas tuas orações e, já agora, tens o livro que falas em suporte informático ou apenas a oração que mencionas? Bom fim de semana.

Mari disse...

Paulo, não sabia que era com sua esposa.
Tenho certeza que vai melhorar, fique com fé!
Vou rezar por ela.
Que as mãos de Deus chegue até vocês!
Que Nossa Senhora vos protejam.
Que tudo fique em paz.
Tenho fé!
Vai melhorar.
Um forte abraço em Cristo.

Mari disse...

Amigo, troca o fardo, pelas almas do purgatório, oferece tudo, cada segundo e minuto por elas e pede a cura. Elas vão te ajudar.
Tenho tanta fé nas almas.
Que a cada milésimo de segundo das suas dores, lágrimas, sejam convertidas para as almas do purgatório. Quando saírem de lá, serão eternamente gratas.

Nuno =] disse...

Uma vez que és humano e não podes humanamente contender com Ele (a não ser o contender que é discutir com Ele para saber em que estamos errados), e que amas a tua esposa, que é tão humana quanto tu, talvez Ele possa mais através de ti do que tu através dEle. Talvez Ele prefira que tu sejas os braços dEle em torno da tua esposa. Porque se os homens são iguais perante Ele (como são um único Tipo perante os animais), os bons homens são fundamentais para serem exemplo dEle.

As más experiências do mundo exigem um padrão do 'bom' para poderem ser humanamente racionalizadas, e esse padrão são as pessoas-exemplo dele; e nisto, o nosso namorado/a pode ser incomparável a um sacerdote (a médicos isto não se aplica sem incluir a pessoa).

Os procedimentos terapêuticos corrigem, na melhor das hipóteses. O Amor e a Verdade salvam, são o único "remédio" de tipo propriamente humano (ciência é humana só no sentido em que o legítimo dono dela é o género humano, ela não define este género mas sim tenta abstraí-lo do modo como o facto de ser produto humano lhe permite fazê-lo; uma abstracção que para além do campo pura e estritamente científico [num nível que está muito abaixo do da inteligência real que é o exercício dela própria e a qual é inconfundível com qualquer objecto], passa a ser um exercício de fé nela ou dela).
Eu diria que para Deus não existem médicos comparáveis contigo, para a tua esposa. A menos que eles sejam tão bons médicos como és mais do que apenas uma pessoa; e mesmo aí, acho que teriam que ter uma ajuda dEle. Como tu precisas, não é? Se tu fores bom, muito mais Ele pode ser bom através de ti. E Ele não pode não ser bom, pois não?

Para mim, se a tua esposa te tem, ela já tem o mínimo do tudo.

Paulo disse...

Obrigado Mari pelas suas palavras.

Obrigado Nuno pelo apoio.

Nuno =] disse...

Quem tu amas sofre; tu sofres, portanto, por quem tu amas; quem tu amas, portanto, sofre por Quem é impassível e sofreu também; se portanto quem amas te encomenda o seu sofrimento, por seres o mais próximo de si e, no sofrimento, representares melhor Aquele que não é passível, também tu portanto deves encomendar o teu sofrimento a Este. Os três constituem uma família com ligações mais fortes do que o próprio parentesco. E Ele é o membro mais puro, em todos os aspectos. Isto não nega a contenda com Ele, pelo contrário: debatermo-nos com ele é uma forma fascinante de vencermos com ele; tens um ápice disto na Paixão e outro na luta de Jacob com o Anjo: a vitória foi total, onde uma parte se debatia por não se compreender verdadeiramente.

Falha na tua fraqueza, mas não falhes em ser o melhor que conseguires, aquilo que melhor te define. Porque isso mesmo é em última instância a corda que tu e Ele seguram.
E olha que qualquer corda que ele segure, tem origem nEle e está nEle muito bem segura.

Anima-te e continua!