19 abril 2006

Quando...


Quando…

me libertas desta fardo?
verei a Luz ao fundo do túnel?
terei Paz de espírito?
esta minha vida mudará para melhor?

Quando…
O meu sono será doce e profundo
Em vez de conturbado e ligeiro?

Quando…
A esperança pedida
Se tornará num milagre?

Quando…

18 de Abril de 2006

Sem comentários: