17 outubro 2006

Perdão


A todos os que magoei, peço perdão;
A todos a quem ofendi, peço perdão;
A todos os que não mereciam algo que possa ter feito, peço perdão;
A Ti meu Deus e Senhor peço-Te perdão, por não Te ter ouvido.

11 comentários:

Andante disse...

Perdão

Andante

Paulo disse...

Preciso!

Malu disse...

Deus é Misericórdia antes de tudo.
«Quanto maior for o pecador, tanto mais direito tem à Minha Misericórdia!» Diário Ir.Faustina

malu disse...

Diário da Ir.Faustina

joaquim disse...

Pedir perdão, é amar, é reconhecer-se, é querer crescer na entrega ao Senhor.
também preciso de perdão e de perdoar.
Abraço em Cristo
Joaquim

Paulo disse...

Mas Malu, é uma sensação estranha, incomoda a que sinto, por algo que fiz e não devia ter feito. Já me abri com Ele é certo, mas a sensação ainda que mais vaga permanece. Porque fiz o que fiz? Não sei!

Paulo disse...

Perdoar até que costumo perdoar, que é diferente de esquecer:(, isso não consigo, mas tal como disse à amiga Malu, é-me dificil sentir o que sinto.

joaquim disse...

Caro Paulo
Perdoar não é esquecer.
Deus deu-nos uma memória e ela serve para nos recordarmos.
Perdoar é um caminho que se vai realizando no nosso coração, até que a recordação possa ser feita sem nos magoar.
Deus dá-me essa graça, quando quero perdoar ou ser perdoado e rezo diariamente por aqueles que ofendi ou me ofenderam.
A verdade é que pouco a pouco a paz vai-se instalando e posso recordar esses momentos sem mágoa nem azedume.
Mas claro que já deves saber isto melhor do que eu.
Por vezes faço o seguinte:
Deus deu-nos uma imaginação e por isso imagino Jesus Cristo que traz junto de mim a pessoa, ou pessoas em causa e todos juntos abraçamo-nos, com Jesus.
Dá-me sempre uma grande paz.
Abraço em Cristo

Paulo disse...

Obrigado Joaquim por tão sábias palavras que, sem duvida, me fizeram ver o assunto com outros olhos. Olhos mais calmos e serenos, apesar de tão prematuramente, não ser muito fácil.

NaSacris disse...

Já agora, não te esqueças de oferecer perdoar-te a ti mesmo, também!
Abraço

Paulo disse...

Caro Amigo Pedro, essa é a parte mais dificil da situação. Pedir perdão, ainda que não consiga olhar a pessoa de igual para igual é doloroso, agora perdoar-me a mim mesmo (uma ideia interessante), neste momento não consigo, sinto-me mal com a situação, mas vou tentar.